COMO ENTENDER NOSSOS LIMITES



                                                                                           Benjamim da Silva Amorim

Há problemas de angústias, medos, ansiedades, problemas de relacionamento, depressões e tantas outras dificuldades que afetam
ou, até mesmo, impedem o desenvolvimento saudável da pessoa que sofre por não saber lidar com eles. A psicoterapia é uma forma
de enfrentar estas questões que tanto incomodam. É um cuidado que se tem com sua saúde emocional. Ter saúde não significa apenas
não ter alguma doença instalada no corpo ou na mente. Ser saudável significa viver bem, ter qualidade de vida, estar bem físico, psíquico
 e socialmente. Infelizmente não é sempre possível manter esse bem-estar e uma boa qualidade de vida. São muitas e variadas
dificuldades contribuindo para que algum desequilíbrio aconteça.
Diariamente somos expostos a fatores estressantes que estão por toda parte: trânsito, violência urbana, poluição sonora, visual,
ambiental, falta de um período reservado ao descanso, desentendimentos com amigos ou familiares e tantos outros motivos particulares
 e únicos que podem nos levar a alguma alteração de ordem física ou emocional que muitas vezes sentimos não poder dar conta sozinhos.
Como se os motivos acima não fossem suficientes, ainda temos o mundo do trabalho, que é uma verdadeira guerra: a competitividade
exige um alto grau de investimento emocional do trabalhador, sem contar a exigência de formação e informação. Se por um lado isto é
saudável, pois aumenta as possibilidades de sucesso profissional, por outro pode ser prejudicial. Temos cada vez menos tempo para
ser dedicado ao lazer, ao descanso, à família e outras atividades que nos daria uma forma de recompensa pela luta diária.
É claro que cada pessoa reage de forma diferente a todas estas variáveis. Embora seja difícil para todas, algumas pessoas conseguem
sair destas situações com menos sofrimento. Porém, existem aquelas que por várias razões não conseguem. O primeiro passo é entender os limites.
A psicoterapia auxilia no sentido de lidar com estas questões com um menor grau de sofrimento possível e assim recuperar toda sua capacidade,
especialmente no trabalho, onde os conflitos são mais prejudiciais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PROPOSTA PARA ATENDIMENTO PSICOTERÁPICO

“TENDÊNCIA ATUALIZANTE” (potencialidade)