Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2020

Dia mundial do coração

Imagem
 

Portugal integra projeto europeu sobre o impacto da pandemia na saúde mental na população

Imagem
A Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e o Centro de Trauma/CES da Universidade de Coimbra estão a desenvolver, em Portugal, um estudo europeu sobre a adaptação e a resiliência das populações à atual pandemia Segundo a FMUP, o projeto, intitulado “COVID-19: Stress, Adaptação e Trauma – Um estudo pan-europeu”, tem o objetivo de perceber qual o impacto que a infeção pelo novo coronavírus está a ter na saúde mental. “Todos estamos conscientes do impacto da Covid-19 nas nossas vidas, tanto a nível pessoal, familiar, profissional e social”, esclarece, em comunicado, Margarida Figueiredo-Braga, uma das duas coordenadoras do projeto no país. A investigadora da FMUP explica que fatores como o isolamento social, a perda de emprego, o risco de infeção e a preocupação com a saúde de familiares e amigos são realidades difíceis de encarar. “É uma variedade tão complexa de desafios que pode levar a dificuldades de adaptação e sintomas de stress, ansiedade e, eventualmente, trauma ps

O desenvolvimento da visão

Imagem
  Você sabia que o bebê nasce enxergando bem pouco?⁣ ⁣Olha que legal esse vídeo ⁣ Leva um tempo até a visão se formar.⁣ ⁣ Ao nascer, eles distinguem luz, a forma e os movimentos.⁣ ⁣ Entre 1 mês e meio e 3 meses, eles desenvolvem a fixação (olhar fixo em frente) e distinguem o rosto da mãe.⁣ ⁣ Entre 3-4 meses desenvolvem a nitidez e a coordenação olho-mão.⁣ ⁣ Dos 5 aos 8 meses, a profundidade e as cores ficam mais evidentes.⁣ ⁣ Dos 8 aos 10 meses, eles começam a engatinhar, e já podem alcançar objetos mais distantes. ⁣ ⁣ Somente em torno dos 5 anos o sistema visual está maduro. ⁣ ⁣ Algumas curiosidades: ⁣ Entre os 5 sentidos, a visão é responsável por 80% do desenvolvimento global da criança!⁣ ⁣ Perceberam que visão e desenvolvimento motor andam juntos?! ⁣ O bebê tem interesse por estímulos brilhantes e com contraste de cores, porém, o estímulo MAIS interessante para ele é aquele que apresenta semelhança com o ROSTO HUMANO ⁣ ⁣ O recém nascido é capaz de diferenciar uma face falsa

No fim, todos são iguais!

 Muito difícil e triste demais esta situação!!!! Não somos preparados para ver como se apaga a vela das pessoas que amamos (pais, avós, tios, sogros, amigos queridos). Principalmente a de nossos pais, que nos deram a vida e nos amam incondicionalmente. Ver como seus olhos estão perdendo o brilho, alheios a tudo o que os rodeia, que seu olhar divaga pelos cantos de seu subconsciente. É difícil ver essas pessoas tornando-se pequenos e frágeis desta maneira. Não há palavras para descrever esse sentimento. É triste vê-los na penosa situação de saúde mental (demência senil, alzheimer, acidente vascular cerebral, estados vegetativos, depressão profunda, esquizofrenia ou outro qualquer). Nenhum hospital consegue tomar conta deles como nós mesmos e, de repente, temos que ser enfermeiros ou pagarmos cuidadores e residências para idosos ou doentes. Que desolador que os que deram tudo por você e por sua família um dia te perguntem "Quem és?" .. não por esquecimento ou descuido voluntári

MAL DO SÉCULO.

  A depressão constitui hoje em um problema grave de Saúde Pública devido ao elevado número de pessoas atingidas. Vivemos hoje uma condição que nos é imposta pela situação social atual muito perversa isto aliado aos valores da nossa sociedade (aumento do individualismo e competição) são fatores extremamente depressivos. Houve uma época em que a neurose estava na “moda”, hoje  certamente esta “moda” é a depressão. Portanto, se está triste sem causa aparente, perdeu a energia ou o interesse por atividades que antes eram prazerosas, está na hora de começar a pensar em procurar ajuda. Porque os maiores desafios são aqueles que impomos a nós mesmos, desafie-se a mudar… a forma como se sente hoje não é forma como tem que se sentir amanhã! O homem e a depressão. A depressão não é um sinal de fraqueza emocional ou falta de masculinidade. É uma condição de saúde que apesar de em muitos casos ser grave é tratável. Este mal afeta milhões de homens de todas as idades e origens, em toda parte do pl

A visão e a escola

Imagem
  aprendizagem escolar ,   aulas ,   contágios ,   ESCOLAS ,   especialistas ,   falta de visão ,   pandemia ,   regresso às aulas ,   saúde ocular ,   Sociedade Portuguesa de Oftalmologia ,   visão 14/09/2020 Especialistas alertam para a forma como problemas oculares afetam o desempenho dos alunos na escola De acordo com a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) a falta de visão pode influenciar negativamente a relação dos alunos com a aprendizagem escolar. É neste sentido que os especialistas alertam para a importância da saúde ocular no regresso às aulas. As escolas do ensino público reabriram portas esta segunda-feira aos alunos com novas medidas de proteção. Para os especialistas de saúde ocular, este regresso às aulas presenciais deve ser acompanhado pela saúde visual dos estudantes, uma vez que a falta de visão pode afetar negativamente a aprendizagem dos alunos. “Na sala de aula um défice visual pode ser impeditivo da aprendizagem e até do gosto pela leitura e boa relação co

Recursos Humanos

  “O gestor de RH deve dar atenção aos sinais faciais das pessoas”, aconselha António Damásio. O papel do gestor de Recursos Humanos é prestar atenção aos sinais faciais das pessoas se quer compreender a razão dos seus comportamentos. Hoje, mais do que nunca, numa altura em que “as pessoas estão com carência afetiva como se costuma dizer” – para usar a terminologia do neurocientista António Damásio no fecho da edição virtual da conferência sobre recursos humanos da ABRH Brasil, que decorreu esta semana. “O gestor deve prestar atenção aos sinais que aparecem no rosto dos empregados”, diz o investigador português a viver nos EUA, exemplificando: “sinais no rosto humano de desconforto afetivo, de tristeza, de zanga. Na sua opinião, se o líder apenas prestar atenção àquilo que os elementos da sua equipa dizem intelectualmente não consegue compreender o comportamento humano porque estará a perder as motivações, as razões pelas quais essa pessoa se comporta de determinada maneira. “Nem apena

A dor mais doída!

 Belíssimo texto 👏👏👏👏👏👏 OS PAIS ENVELHECEM E NÃO VOLTAM MAIS...   Talvez a mais rica, forte e profunda experiência da caminhada humana seja a de ter um filho. Plena de emoções, por vezes angustiante, ser pai ou mãe é provar os limites que constituem o sal e o mel do ato de amar alguém. Quando nascem, os filhos comovem por sua fragilidade, seus imensos olhos, sua inocência e graça. Basta vê-los para que o coração se alargue em riso e cor. Um sorriso é capaz de abrir as portas de um paraíso. Eles chegam à nossa vida com promessas de amor incondicional. Dependem de nosso amor, dos cuidados que temos. E retribuem com gestos que enternecem. Mas os anos passam e os filhos crescem. Escolhem seus próprios caminhos, parceiros e profissões. Trilham novos rumos, afastam-se da matriz. O tempo se encarrega da formação de novas famílias. Os netos nascem. Envelhecemos. E então algo começa a mudar. Os filhos já não têm pelos pais aquela atitude de antes. Parece que agora só os ouvem para fazer c

Cuidado com a saúde visual

Imagem
A Injeção Intravítrea de Anti-VEGF (Lucentis® ou Eylia®) é uma técnica utilizada no tratamento de doenças que provocam alterações na região macular. Nesse procedimento, aplica-se medicamentos específicos na cavidade vítrea (foto), que são capazes de bloquear o fator de crescimento vascular endotelial (VEGF), substância responsável pelo aparecimento de líquido e vasos defeituosos na retina. Esses vasos, muito comuns na retinopatia diabética e a degeneração macular relacionada à idade, costumam ser frágeis e podem se romper, gerando sangramentos que comprometem a visão! #dracarinameneghini 👁️💉 Fonte: dracarinameneghini